Doutor honoris causa
19/09/2009
Porto Alegre é indiscutivelmente o principal centro cultural brasileiro, depois de São Paulo e Rio de Janeiro. Temos alguns eventos de grandeza indiscutível: Feira do Livro, Porto Alegre em Cena, Fronteiras do Pensamento, Bienal do Mercosul. O Porto Alegre em Cena está cada vez melhor. Nossa Feira do Livro não perde para as bienais de São Paulo e do Rio de Janeiro nem para festivais como o de Parati. Neste ano da França no Brasil, Porto Alegre deu show. A exposição de arte francesa só pousou no Masp e no Margs. Por aqui, foi um sucesso de público extraordinário, de dar inveja a qualquer cidade culta.

E ainda não acabou. As nossas universidades têm realizado seminários fantásticos tratando da atração entre franceses e brasileiros nos mais diversos campos, especialmente o cultural. De 3 a 5 de novembro, na Faculdade de Comunicação da PUCRS, com apoio dos principais organismos franceses da cultura e do CNPq, vamos dar a nossa pequena contribuição para tudo isso com a realização do X Seminário Internacional da Comunicação. Faremos em Porto Alegre a Jornada do Centro de Estudos do Atual e do Quotidiano (CEAQ). Essa jornada acontece todo mês de junho na Sorbonne (Paris V), na capital francesa. Olhem só as palestras que acontecerão. Pierre Le Quéau (Grenoble): A Forma da Interface - A Origem da Imagem;

Patrick Watier (Estrasburgo): Comunicação, Imaginação e Compreensão; Martine Xiberras (Montpellier): Internautas - A Inteligência Coletiva na Cibercultura;

Stéphane Hugo(Sorbonne): Pulsões de Errância - Identidades Digitais, Sociedades Arcaicas e Novas Tecnologias; Michel Maffesoli (Sorbonne): Auguste Comte, pensador da pós-modernidade: O Grande Ser e A Cibercultura; André Lemos (UFBA): Cultura da Mobilidade.

Tem muito mais: Patrick Tacussel (Montpellier): O Silêncio ou a Comunicação Intensa: Formas e Figures de Uma Troca sem Palavras; Federico Casalegno (MIT/EUA): Novas Estéticas de Espaços de conexão; Jean-MartiRabot (Minho): A Expressão do Politeísmo dos Valores na Mídia, Análise de Uma Fotografia; Armindo Bião (UFBA): A Comunicação nas Encruzilhadas da Esfinge, de Hermes, Mercúrio, Exu e Maria Padilha, Ditos, Não Ditos, Interditos e Mal-entendidos; Moisés Lemos Martins (Minho): As Figuras do Trágico, do Barroco e do Grotesco nos Média Contemporâneos; João Maia (Uerj: Sociabilidade Comunitária na Favela da Mangueira, no Rio de Janeiro;

Muniz Sodré (UFRJ e presidente da Biblioteca Nacional): Um Imaginário Ativo na Cultura Nacional. Não é legal?

Estudantes podem se inscrever para apresentar trabalhos num dos 12 GTs do encontro. Na ocasião, a PUC concederá o título de doutor honoris causa a Michel Maffesoli como tributo à sua obra e ao seu papel na formação de pesquisadores brasileiros. Maffesoli é um dos principais teóricos da pós-modernidade no mundo. A sua sociologia positiva do presente e do cotidiano consegue, ao mesmo tempo, mostrar as transformações sociais e suas consequências e revelar a importância da cooperação e da vida em comum para o ser humano. Boas coisas de PoA.


juremir@correiodopovo.com.br
Link: www.correiodopovo.com.br

Voltar | Versão em PDF | Indicar

 

Os dados pessoais fornecidos pelos usuários do site www.editorasulina.com.br são assegurados pela seguinte Política de Privacidade